eu não tenho talento

mas quem é que tem?


se você conhece alguém que é extremamente bom em algo, é muito mais provável que aconteceu uma dessas duas possibilidades, ou as duas juntas:


> ela foi estimulada a fazer aquela atividade;


> ela teve muita persistência para fazer aquela atividade;


por que é que filhos de músicos se tornam músicos?


porque é que filhos de marceneiros se tornam marceneiros?


não é sobre o dna, mas sobre o que você teve contato desde criança.


mas agora, só porque seus pais não te apresentaram a algo, você não irá fazer?


imagine se todo mundo pensasse assim... novas profissões não iriam existir, pessoas não mudariam de caminhos, não teria novidade nenhuma.


seria fácil se todo mundo nascesse com um dom, sem nem precisar se preocupar com o que poderiam exercer ao longo da vida.


a gente já nasceria sabendo.


mas a vida não é fácil. e muito menos objetiva.


a vida tem poesia por todos os cantos!


ela não vem com manual de instrução.


ou seja, aquilo que fazemos é responsabilidade nossa.


inclusive, a realização dos nossos sonhos.


dentro da própria realidade e encarando as próprias limitações,

fazemos escolhas.


você pode escolher se quer fazer uma atividade que não faz parte da sua vida desde cedo e que você não tem tanta facilidade, mas que faz os seus olhos brilharem.


e se essa atividade for tecer, já sabe, né?

aqui na santo fio temos kits de aprendizagem que vão te acompanhar nessa jornada de descoberta e terapia.


para adquirir o seu, é só clicar aqui!



2 visualizações0 comentário